• Sara Brunelli

Como ter um Armário Cápsula que respeita o seu estilo

O Armário Cápsula (resumidamente) é uma técnica que te permite ter poucas roupas e que conversem bem entre si. É ótimo pra quem quer consumir menos, tem pouco espaço, é mais minimalista (no sentido de possuir menos coisas), viaja bastante ou simplesmente quer porque quer.


A ideia principal é fazer funcionar o que já existe sem ter que sempre comprar algo novo - mas o desafio principal é não cair em fórmulas prontas e respeitar o seu próprio estilo. Consumir menos é bom mas se expressar através das roupas também - e o artigo de hoje veio justamente pra te mostrar como fazer isso.


Segue o fio, lembrando que não é obrigatório ter um guarda-roupa menor, mas caso você queira:


Não se prenda a um número de peças

Você não precisa seguir um número definido de peças e tentar se encaixar nisso a qualquer custo. Busque o mínimo, mas entenda que o seu mínimo pode ser diferente do mínimo de outra pessoa porque vocês possuem necessidades diferentes na hora de se vestir.


Se você suja muitas roupas na sua rotina, por exemplo, você precisará lavar com mais frequência para ter sempre o que vestir. Se você não consegue lavar com tanta frequência, algumas peças a mais podem te ajudar.


Não tente ser neutra e básica se você não curte isso

Como eu já disse nesse artigo aqui, ter um Armário Cápsula não é ter apenas roupas de cores neutras, peças básicas e alfaiataria. Se isso não fizer parte do seu estilo você não vai se encaixar nessas roupas e, em pouco tempo, terá que mudar tudo de novo.


Ter menos roupas não significa ter um estilo mais "genérico" - sempre dá pra se expressar com poucas peças, você só precisa conhecer essa expressão antes de construir o acervo.

Tenha uma paleta de cores

Essa paleta vai te ajudar a construir o seu acervo e coordenar seus looks com mais facilidade. Além disso, existem várias formas de pensar essa paleta - e eu não estou falando só de Coloração Pessoal, mas também de desejos de imagem e gosto pessoal.


Lembre-se: o problema não é ter um guarda-roupa colorido ou estampado. Se as cores fazem sentido e conversam entre si (de acordo com os seus objetivos) elas vão funcionar tão bem (ou até mais) do que um armário todo neutro.





Invista em peças de qualidade

Construir um Armário Cápsula com peças que não aguentam duas lavagens faz com que você tenha que comprar sempre algo novo pra substituir - e aí perde o sentido, né?


Além disso, cuide dessas peças! Lave menos e da forma correta, guarde do jeito certo, coloque as peças de frio para ventilar, faça pequenos reparos, dê atenção para suas roupas.


Permita-se mudar

Seu estilo muda, sua vida muda, sua rotina muda, tudo muda. Por consequência, seu guarda-roupa vai mudar também. Permita-se aceitar essas mudanças e faça seus próprios combinados: entra uma peça e sai outra, só podem entrar x peças por ano, seja flexível a partir das suas próprias escolhas. Se prender demais pode fazer com que você desista da ideia - e não precisa ser 8 ou 80, né?


Conheça o seu estilo

Esse é o passo principal, na verdade. Um Armário Cápsula que respeita o seu estilo começa, antes de tudo, com o seu estilo. Se você já tem esse domínio, ótimo: coloque no papel e comece a pensar a partir dele.


Se você não tem esse domínio ainda eu tenho a solução perfeita - ou melhor, um serviço perfeito. Dentre os meus formatos de consultoria de estilo tem o Mapa de Estilo, que foca em construir toda a sua ideia visual. A partir dessa ideia você consegue delimitar o seu guarda-roupa, respeitando sua expressão e sabendo direitinho quais cores, modelagens, tecidos e ideias fazem parte e vão te ajudar a ter menos roupas - e que funcionam melhor.


Tenho outros formatos que podem te ajudar também e, para saber mais, é só clicar aqui.


Fechando nosso papo: ter um armário mais enxuto (e que funcione) exige um pouquinho de dedicação, mas funciona muito para várias realidades. Se joga nessa ideia que vai ser sucesso! E se você leu até aqui mas tem zero interesse em ter um guarda-roupa menor, não se culpe: se você tá usando, cuidando e colocando pra circular, tá tudo certo.


Um beijo e obrigada por me ler até aqui.